30 de outubro de 2008

Radiohead a ver estrelas

Não sendo propriamente uma novidade (é mais uma espécie de "Ontem Houve"), o teledisco de "House Of Cards" dos Radiohead merece ser aqui servido.
Simbiose perfeita entre música, cinema e tecnologia, o teledisco foi produzido sem recurso a câmaras nem iluminação, com um resultado altamente inovador. O prato do dia dos Radiohead, portanto, que já tinham inovado ao colocar o album "In Rainbows", de onde este House Of Cards é retirado, à venda na internet por um preço que dependia da boa vontade do freguês.
Álbum, música e teledisco com 3 estrelas neste Guia Michelin. Para ver e ouvir com muita atenção.

Este é o making of:



Este é o resultado final.

29 de outubro de 2008

O que acontece às grandes ideias?

Qualquer semelhança com a realidade, não é pura coincidência.


Creatives grow better in the South West

Diz um estudo recente que os empregadores e trabalhadores do South West inglês são os que gozam de maior bem-estar no país.
Aqui está o porquê.

26 de outubro de 2008

Banksy’s Village Petstore and Charcoal Grill



Banksy, o subversivo "street artist" britânico que insiste em abrir os olhos ao mundo através dos seus stencils ou mostrando a sua arte em exposições que não são suas, deu mais um passo em frente e criou um conjunto de animatronics a que chamou de Village Petstore and Charcoal Grill.
Confesso que não sei muito sobre projecto, além de que pode ser visto in loco em Nova Iorque. Se alguém souber, é favor partilhar. Como a easyjet ainda não voa para lá, aqui fica o site onde poderão ver mais qualquer coisa.
Para conhecer um pouco mais do artista, é clicar aqui.
Que marcas conseguirão ser como Banksy: coerentes, pertinentes, focadas, disruptivas e com capacidade de se renovarem sem se perderem?

Música para os ouvidos



Parte da campanha Music Almighty da Nokia, aqui está o site onde cada um pode desenhar os seus próprios headphones.
É pôr a criatividade a funcionar. Os 5 melhores serão seleccionados e terão direitos a ver o seus headphones produzidos.
Cada vez mais, palavra (e poder) ao consumidor.

24 de outubro de 2008

Things I Have Learned In My Life So Far, Stefan Sagmeister

Poderá o design tocar o coração de uma pessoa? Uma pergunta recorrente, com resposta no brilhante trabalho de um génio. Por 9,99 libras na amazon.co.uk (€12,50 mais portes), acho que vale a pena tentar descobrir.

23 de outubro de 2008

Apple 2 - Microsoft 0

video
Desde que a Microsoft entregou de mãos beijadas a sua conta à Crispin Porter + Bogusky, muita gente tem os olhos postos na agência de Miami. Milhões e milhões de dólares foram investidos numa campanha que veio abrir definitivamente a guerra com a concorrente Apple.
A CP+B muniu-se dos melhores trunfos que conseguiu agarrar- Jerry Seinfeld e o próprio Bill Gates participam na campanha. Num dos filmes, grandes vedetas americanas, desde o basquetebol ao cinema, afirmam "I'm a PC", numa clara alusão à longa campanha da Apple "Mac versus PC".
Aqui está o último tiro da TBWA e da Apple. Milhões para quê? Na mouche.

Os verdadeiros artistas


Vice, Yahoo e o jornal The Independent juntaram-se na nova campanha da Volvo para ajudar a eleger os maiores talentos criativos emergentes do Reino Unido.
Vivienne Westwood e James Righton (dos The Klaxons), entre muitos outros, seleccionaram os 30 candidatos finalistas, entre centenas de inscrições de áreas tão diferentes como design, dança, tatuagem, música, escultura, fotografia, ilustração, etc. Curiosamente, publicidade, é que não há notícia que esteja representada.
Promove-se a arte, promove-se a criatividade, promovem-se os artistas. Ah, e promove-se a marca, claro.
Agora, o público decide em http://www.creative30.net. O vencedor vai para casa de Volvo C30.

22 de outubro de 2008

Jantar sem a luz das velas

Conhece o Restaurante Bem-Me-Quer, na Almirante Reis?
Não tá a ver? Ninguém está.
Depois do sucesso do Unsicht Bar de Berlim, do Dans Le Noir de Paris e do Opaque de Los Angeles, os chamados "jantares sensoriais" chegaram a Lisboa. E o que é isso? Resumidamente, jantar na mais escura das escuridões. Diz quem viu que, ao ficarmos privados da visão, todos os outros sentidos ficam mais despertos, criando uma nova experiência à mesa.
A empregada é cega, isqueiros e telemóveis estão proibidos dentro da sala e se quiser ir fazer chichi basta chamar a empregada. Luz é que nem vê-la.
O menu de degustação inclui uma entrada, três sopas, três pratos e três sobremesas e foi concebido especialmente para convocar todos os sentidos no jogo de identificar não só os sabores, mas também os cheiros, os sons, as temperaturas e as texturas.
Pode ser uma experiência radical, mas ao menos dá para roubar a trufa ao companheiro do lado sem ele dar por isso.

Jantares sensoriais. Restaurante Bem-Me-Quer. Av. Almirantes Reis, 152, R/C e 1º Esq. Quintas e sextas ao jantar, por marcação.Preço: €40. Reservas 21 847 66 78.

Prato de Estreia

Aqui está o primeiro prato a ser servido. Um viral criado pela The Viral Factory para a Samsung, a provar que um bom viral não é apenas um mpeg do filme de tv a circular pela net. É preciso estratégia, dinheiro e boas ideias. E já agora, saber distribuir os virais e medir os resultados. Os dois virais da campanha do Omnia, um dos quais aqui presente, já tiveram mais de 5 milhões de views e continua a contar.
Bom proveito.

video